Entrevista com Alba Brito

Entrevista com a atriz Alba Brito

Como aconteceu sua decisão em receber a Massagem Tântrica com Dewa Deepta ?

Muitos contratempos e pensamentos de desistência. Aprendi, como uma iniciada nos mistérios, que quanto maior a luz maior a sombra e resta a nós escolhermos que espelho alimentar.

Fui! Atrasada, mas fui. De peito aberto lá cheguei: 14h30.

Uma casinha aconchegante próxima ao metrô Paraíso. Sim, eu estava em busca do meu eu-paraíso. Ela,

Dewa Deepta, me recebeu de sorriso aberto. Subi as escadas até a sala de atendimento.

 

Como foi o início da sessão ?

Conversamos e muito. Foi uma anamnese sem pressa e com respeito, ali naquele bate papo inicial eu iniciei os trabalhos daquela tarde, organizando minhas ideias para comunicar a massagista tântrica o que eu buscava com aquele encontro.

Eu dizia, eu mesma me ouvia, meu corpo recebendo as informações que já latejavam por dentro.

Ela ali, amorosamente, atenta, também se permitiu confidenciar sobre sua vida. Eu ouvi, eu fiz as conexões que precisavam ser feitas (as que consegui fazer, enfim). Aproveitamos o encontro inicial, eu e ela. Humanas, mulheres. Num trabalho de cura, espiritual, sexual, corporal, intra e extra!

Depois do papo fui tomar um banho, mudar do estado corpo-rua- metrô para me lançar no abismo que é o primeiro contato como paciente/ cliente (até a data de ontem eu só havia trocado massagens em contextos de cursos). Estava pronta para receber a massagem.

 

Como era o local onde você recebeu a sessão?

O Setting harmonioso contava com uma espécie de edredom coberto por uma mantinha, almofadas, um kit aromático do lado direito (fragrâncias florais) , junto a uns instrumentos musicais mágicos (trovão, pin em lá, chocalho de semente (agudo), apito de pássaro (médio-grave…)

Do lado esquerdo estava o aparelho de som que emitiu as melodias exatas para ambientar aqueles momentos. Uma play-list muito conectada. O som, em muitos momentos, conduziu minha imersão, sendo apoio para o toque.

 

Como foi o inicio da Massagem Tântrica ?

Deitei, nua, olhos fechados, peito aberto. Respiração longa e profunda. Baixo ventre, médio e

subindo…subindo… Toque de reconhecimento e conexão. Toque Sensorial pelo corpo. Ali, minha pele foi sendo sensibilizada e as couraças foram se derretendo com o toque sutil. Quase não toque. Sopro. A pele se abrindo. Deus, Deusa e todos os seres divinos estavam ali, surfando na camada mais externa do meu corpo.

O corpo! Uma casca, sagrada casca, que guarda e revela tantos mistérios…

 

Depois do Toque Sensorial pelo Corpo, o que aconteceu?

Depois de um tempo, Dewa Deepta  me reposicionou e iniciou a yoni-massagem ( Massagem na região genital).

Movimentos sutis e muitíssimos respeitosos foram me conduzindo para lugares, ora de muito prazer, ora de uma tristeza sem fim. Meu trabalho ali era de me limpar, ter coragem para enxergar, através da minha sexualidade, sobre os acertos e os equívocos das minhas escolhas. Corpo- esponja expurgando através de gritos, gemidos, risos, choro, choro, choro, dor, líquidos vaginais, suor.

Respiração! Respira! Essa tristeza não é você! Permita-se! Você merece mais! . Cortar os fios que me amarram ao que não desejo!

 

Como percebeu sua integração no final da sessão?

Ouvindo as melodias, os preciosos comandos e sentindo os toques todos em meu templo-corpo, eu fui

sentindo tudo que pude sentir. E feito uma flor, eu, minha yoni e minha consciência foi desabrochando em tons dourados, brilhante-brilhante, girando. O peito florescendo. Olho aberto! Desperto! Durante a massagem fui surpreendida pelos cheiros florais, pelos toques dos instrumentos mágicos. Por fim, dormi uns 20 minutos. Relaxada. Entregue.

 

No final da sessão tem mais conversa com a Terapeuta?

Acordei, tivemos uma linda e sincera conversa final. Um abraço caloroso.

 

Como se sentiu quando terminou tudo?

Tomei um banho e segui. Coluna ereta! Desperta. Confiante nos meus próximos passos. Sabendo um pouco mais sobre mim! Axé!

Grata, Dewa.

Grata a mim.

Grata aos seres de Luz!

Viva a vida!

 

Entrevista realizada em  17 de novembro de 2017.

0 Comments

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!